Blog

PBH responde à vereadora Iza Lourença sobre vacinação contra COVID: ainda sem previsão da quarta dose

19J-19062021-zairamagalhaes (40)
COVID-19

PBH responde à vereadora Iza Lourença sobre vacinação contra COVID: ainda sem previsão da quarta dose

O Mandato Movimento fez um pedido formal de informações para a Prefeitura de Belo Horizonte sobre a vacinação contra a COVID-19 na nossa cidade, que está parada há meses sem aplicação da segunda dose de reforço em adultos, e principalmente da primeira dose das crianças de 3 e 4 anos.

Vereadora Iza Lourença cobra retomada da vacinação contra COVID-19 em crianças de 3 a 11 anos em BH

Recebemos alguns retornos da Secretaria Municipal de Saúde que, no geral, responsabiliza a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais e o Ministério da Saúde pelo não envio de cronograma de vacinação e novas doses para BH, informa que as campanhas de vacinação para 2023 ainda não foram definidas pelos governos estadual e federal, e que serão imediatamente iniciadas ao receberem o plano de vacinação e as remessas das vacinas do estado e do país.

Pelo retorno da Prefeitura, Zema e o Ministério da Saúde ainda não incluíram a vacina da COVID no calendário permanente do município, mesmo a Prefeitura tendo autonomia para fazer essa inclusão, desde que respeite os públicos determinados pelo MS. 

Vacinação no último ano

Entre as informações enviadas sobre a vacinação em 2022, foi indicado que parte das crianças de 3 e 4 anos foi vacinada em ambiente escolar, no final do ano, com as doses disponíveis no município. Para os adultos, as estratégias da Saúde para incentivar a vacinação foram as chamadas ações extramuros, em que a aplicação das doses acontece fora dos ambientes da saúde, como em escolas, shoppings e parques. Ainda, foi realizada vacinação itinerante em regiões da cidade identificadas pelas equipes de saúde como de acesso mais difícil aos postos que já existem.

Imunizante atual não previne contra variantes

A Prefeitura ainda argumenta, na resposta do pedido de informações, que as vacinas disponíveis no país, hoje, previnem contra a cepa original, ou seja, a vacina atual não apresentaria benefícios imediatos para as pessoas já imunizadas com três doses. Além disso, estaria próxima a chegada da vacina bivalente, que protege contra novas variantes e seria mais efetiva para essa população. A vacina atual, de acordo com a PBH, não protege contra as variantes da COVID em circulação atualmente. No entanto, se ainda assim for definida a aplicação de nova dose desta mesma vacina em adultos, seria necessário o recebimento de pelo menos 700 mil unidades para atingir este público em Belo Horizonte.

Seguir fiscalizando o trabalho do executivo é nossa prioridade. Vamos continuar acompanhando, pressionando e mantendo esse assunto vivo, porque a pandemia de COVID-19 segue sendo uma realidade e só alcançamos algum controle graças à vacinação em massa da população. Vacina no braço é direito do povo!

Select the fields to be shown. Others will be hidden. Drag and drop to rearrange the order.
  • Image
  • SKU
  • Rating
  • Price
  • Stock
  • Availability
  • Add to cart
  • Description
  • Content
  • Weight
  • Dimensions
  • Additional information
  • Attributes
  • Custom attributes
  • Custom fields
Click outside to hide the compare bar
Compare
Wishlist 0
Open wishlist page Continue shopping