Blog

Iza Lourença assume Comissão de Direitos Humanos e relatoria dos grupos de trabalho Dados Raciais e IVJ

Antirracista Comissões Iza na Câmara

Iza Lourença assume Comissão de Direitos Humanos e relatoria dos grupos de trabalho Dados Raciais e IVJ

Mudanças na Câmara Municipal levam vereadora do PSOL à ocupar cadeira em importante comissão da casa

21ª Reunião Ordinária do Plenário

O presidente da Câmara Municipal, Gabriel (sem partido), anunciou a nomeação da vereadora Iza Lourença (PSOL) como membro efetivo da Comissão de Direitos Humanos, Habitação, Igualdade Racial e Defesa do Consumidor, ocupando a vaga deixada por outro vereador que saiu da casa legislativa.

Com essa mudança, Iza também se torna suplente de Braulio Lara (Novo) na Comissão de Mobilidade Urbana, Indústria, Comércio e Serviços, em substituição ao vereador afastado. Vale ressaltar que a composição das comissões será mantida até o final da atual legislatura (2021-2024).

A Comissão de Direitos Humanos, Habitação, Igualdade Racial e Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Belo Horizonte é um órgão responsável por discutir e analisar projetos e medidas relacionados à garantia e promoção dos direitos humanos na cidade. Nosso principal objetivo nesta comissão é a defesa e a fiscalização dos direitos humanos, em especial os direitos da população que compõem minorias sociais, como as pessoas negras, indígenas, LGBTI+ e as pessoas com deficiência.

A comissão atua em diversas áreas da cidade sempre buscando soluções para a garantia dos direitos humanos na cidade. É através das comissões que são realizadas audiências públicas que aumentam a participação popular na política.

GRUPOS DE TRABALHO EM DIÁLOGO COM A COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

Durante a próxima legislatura, o Mandato Movimento irá se dedicar à relatoria de dois importantes grupos de trabalho, criados para contribuir na regulamentação de leis aprovadas pela Gabinetona BH e no aproveitamento de dados apresentados no relatório da Comissão Especial da Juventude Negra; o GT de Dados Raciais e o GT Vulnerabilidade Juvenil.

GRUPO DE TRABALHO DADOS RACIAIS

Criado com a finalidade de implementar e regulamentar a Lei n° 11.440/2022, que alterou a Lei nº 9.934/2010, tornando obrigatória a coleta, processamento, consolidação e publicização de dados racializados nos formulários municipais. A medida foi tomada em resposta aos estudos realizados pelas Comissões Especiais de Estudo da legislatura 2016-2020 e da atual legislatura, que apontaram a inexistência de recorte racial nos dados gerados pelo município, o que dificulta a identificação e avaliação das políticas públicas e da promoção da igualdade racial no território municipal.

O principal objetivo deste grupo de trabalho é a criação de instrumentos e métodos para alimentar uma base de dados raciais no município, o que permitirá a identificação e avaliação das políticas públicas para promoção da igualdade racial. 

Além disso, o grupo trabalhará de forma integrada com a Diretoria de Promoção da Igualdade Racial – DPIR, o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial – COMPIR e os Grupos Gestores do Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial – GGPIR, em conformidade com o Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial – PMPIR.

A iniciativa é um importante passo para o enfrentamento do racismo e para a promoção da igualdade racial no município, e deve ser acompanhada com atenção pela sociedade civil e demais órgãos públicos.

GRUPO DE TRABALHO VULNERABILIDADE JUVENIL

O grupo visa subsidiar as políticas públicas de promoção da igualdade racial em BH, e também trabalhará em unidade com a Diretoria de Promoção da Igualdade Racial, o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial e os Grupos Gestores do Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial.

A coleta, processamento, consolidação e publicização de dados raciais, fundamentais para subsidiar estudos sobre o tema e trabalhada pelo GT de dados raciais proporcionará o planejamento eficaz de políticas públicas e fiscalização de sua eficácia, permitindo a avaliação, correção e criação de novas políticas que realmente atinjam a população negra. 

Esse GT é o que vai qualificar a coleta de dados em Belo Horizonte, gerando maior precisão, profundidade e completude nos dados comparativos sobre raça, como um desdobramento do trabalho realizado pela Comissão Especial de Estudos sobre Empregabilidade, Violência e Homicídio de Jovens Negros (2020-2021), que identificou a importância da coleta de dados raciais para subsidiar políticas públicas voltadas para esta população.

Select the fields to be shown. Others will be hidden. Drag and drop to rearrange the order.
  • Image
  • SKU
  • Rating
  • Price
  • Stock
  • Availability
  • Add to cart
  • Description
  • Content
  • Weight
  • Dimensions
  • Additional information
  • Attributes
  • Custom attributes
  • Custom fields
Click outside to hide the compare bar
Compare
Wishlist 0
Open wishlist page Continue shopping